Currículo de Operador de Central Telefônica

Comece agora mesmo a escrever seu currículo de operador de central telefônica

Faça o seu CV agora

Modelo de currículo de Operador de Central Telefônica

Ideias e conselhos para o currículo de Operador de Central Telefônica

Um profissional que está sempre em contato com o público: assim é o Operador de Central Telefônica, também conhecido como Operador de Call Center.

As principais características dessa função têm relação com o atendimento ao cliente por meio do telefone.

Entretanto, diferente do Operador de Telemarketing, o profissional de um Call Center pode atuar tanto nas vendas quanto no suporte ao consumidor, seja esclarecendo dúvidas ou ajudando uma pessoa a realizar etapas de um serviço.

Em algumas empresas, o Operador de Central Telefônica também pode realizar funções de atendimento por meio de chats, especialmente em lojas online ou aplicativos de prestadoras de serviços.

Por ter esse fator humano sempre presente, é fundamental que um Operador de Central Telefônica tenha habilidades interpessoais, empatia pelo cliente e facilidade de comunicação.

Por não exigir uma formação obrigatória ou experiência prévia, a profissão é uma porta de entrada no mercado para quem nunca trabalhou ou para aqueles que não concluíram seus estudos.

Ainda assim, um bom currículo de Operador de Central Telefônica pode fazer toda a diferença para o sucesso do candidato em uma entrevista. Confira, a seguir, os elementos essenciais para um currículo capaz de chamar a atenção do recrutador.

Conselhos essenciais para o teu curriculum vitae

Formato

Funcional ou Combinado

Design

Tradicional ou Simples

Foto

Não

Seções principais

    Obrigatório

  • Dados pessoais
  • Experiência profissional
  • Formação acadêmica
  • Habilidades
  • Idiomas

    Opcional

  • Reconhecimentos
  • Certificações
  • Interesses pessoais
  • Trabalho voluntário
  • Estágios
Tamanho do currículo

1 folha A4

Formato

Na hora de desenvolver o seu currículo para Operador de Central Telefônica, você pode utilizar dois modelos como base: o currículo funcional ou o currículo combinado.

O currículo funcional é ideal para quem não tem experiência profissional, já que dá especial atenção para as habilidades do candidato.

Nesse sentido, ao optar pelo currículo funcional, você pode descrever os conhecimentos que domina, os cursos que realizou e as características na sua personalidade que julgar importantes para a vaga.

A segunda opção de modelo é o currículo combinado, que é recomendado para quem possui alguma experiência, seja na mesma área de atendimento telefônico ou em outras.

No currículo combinado, é apresentado as habilidades do profissional e as vivências em outras empresas, em ordem cronológica inversa (da contratação mais recente para a mais antiga).

Design

Para facilitar a leitura e o entendimento de quem vai te avaliar, além de deixar o seu currículo mais organizado, é importante pensar no design do currículo. Independentemente do modelo escolhido, você pode dividir o documento nas seguintes seções:

  • Informações pessoais do candidato
  • Seção de habilidades
  • Seção de educação
  • Seção de histórico de trabalho (quando houver)

Por ser uma profissão mais dinâmica, intervenções no design do currículo são bem-vindas. Nesse caso, você pode destacar os títulos das seções com negrito ou outra fonte, ou mesmo procurar criar um projeto gráfico mais criativo.

Ainda assim, não exagere. Lembre-se que o design do currículo não pode confundir o avaliador.

Foto

Você não precisa inserir uma foto no currículo para Operador de Central Telefônica, a menos que a empresa especifique esse requisito no anúncio da vaga. Fotos para esse tipo de trabalho não costumam ser uma obrigatoriedade.

Seções principais

Seja no currículo funcional ou combinado, a separação dos elementos em seções facilita a leitura do recrutador.

Existem algumas seções que são obrigatórias, enquanto outras são consideradas opcionais.

O currículo de Operador de Call Center deve apresentar as seguintes seções:

  • Dados pessoais
  • Habilidades
  • Formação acadêmica
  • Experiência profissional (quando houver)
  • Idiomas (quando houver)

As seções opcionais são:

  • Certificações
  • Interesses pessoais
  • Reconhecimentos
  • Trabalho voluntário
  • Estágios

Tamanho do currículo

Para a vaga de Operador de Central Telefônica, o ideal é que o currículo tenha a extensão de 1 folha A4.

Se você optar pelo modelo combinado, é recomendável apresentar somente as últimas 3 contratações.

Já para os candidatos sem experiências prévias, a dica é dar mais atenção às habilidades.

Seções para o currículo de Operador de Central Telefônica

Conhecer quais são as seções de um bom currículo para Operador de Central Telefônica é fundamental para saber o que descrever em cada área. Confira o que colocar em cada espaço do seu currículo!

Habilitações

Falar das habilidades é descrever quais são os conhecimentos práticos e intelectuais que você domina. Várias dessas características são inerentes do candidato, enquanto outras podem ser aprendidas.

Nem todas as suas habilidades serão interessantes para a função de Operador de Central Telefônica, por isso, foque naquilo que desperta a atenção dessa fatia do mercado.

Veja alguns exemplos de habilidades abaixo:

  • Facilidade na comunicação oral e escrita;
  • Empatia no atendimento;
  • Educação e cordialidade;
  • Foco em resultados;
  • Habilidade para lidar com situações de estresse;
  • Facilidade e interesse em aprender.

Educação

O segmento educação é dedicado para apresentar a sua jornada escolar, além de cursos extras que você realizou.

Para o ensino regular, que vai do básico ao médio, não é preciso acrescentar todas as escolas que você passou. Somente o último estágio da educação que você cumpriu é suficiente.

Depois da educação regular, o candidato pode inserir os cursos livres que realizou. Se você fez um curso que seja interessante para a vaga de Operador de Call Center, como curso de atendimento ao consumidor, considere dar mais destaque para ele.

Experiência profissional

Essa área é preenchida somente por aqueles que têm experiência profissional.

Aqui, você vai descrever o nome da função, o nome da empresa, o tempo de duração do contrato de trabalho e um breve resumo do que você fazia diariamente.

Quem tem muita experiência deve focar nas últimas três contratações.

Vocabulário específico e conselhos de redacção

Palavras chave

  • Atendimento
  • Empatia
  • Solução
  • Resolução
  • Atenção
  • Entendimento
  • Compreensão
  • Promoção
  • Oferecimento
  • Venda

Verbos de ação

  • Atender
  • Ouvir
  • Amparar
  • Solucionar
  • Buscar
  • Ajudar
  • Convencer
  • Resolver
  • Conversar
  • Criar

Exemplo de CV de Operador de Central Telefônica

Exemplo de currículo de Operador de Central Telefônica para quem não tem experiência profissional

Com habilidades na comunicação com o público, tenho facilidade em lidar com diferentes tipos de clientes e situações. Acredito que a empatia e a ética são fundamentais para um bom atendimento, focando sempre em um resultado positivo para a empresa.

  • Facilidade na comunicação oral e escrita;
  • Educação e cordialidade;
  • Foco em resultados;
Faça o seu CV agora
  • Habilidades
    Empatia no atendimento
  • Formação
    Curso de Administração

Exemplo de currículo de Operador de Central Telefônica para quem tem experiência

Profissional com experiência no atendimento ao cliente. Conta com as habilidades necessárias para se comunicar com o consumidor de forma empática, mesmo em situações desafiadoras. Tenho interesse em continuar aprendendo e evoluindo nesta área de trabalho.

  • Educação e cordialidade;
  • Foco em resultados;
  • Habilidade para lidar com situações de estresse;
  • Facilidade e interesse em aprender.
Faça meu CV agora
  • Experiência
    6 anos
  • Educação
    Ensino Médio Completo