Afaste de uma vez por todas o medo de falhar no emprego

Afaste de uma vez por todas o medo de falhar no emprego

Acredite: a insegurança diante de novos desafios atinge até os profissionais mais experientes. Então, fique de olho nestas dicas e aprenda como superar o medo de falhar no emprego.

É normal sentir um friozinho na barriga quando se está prestes a entrar em um ambiente de trabalho diferente, exercer aquele cargo tão sonhado e conviver com colegas que você ainda não conhece. Contudo, isso não deve impedir o bom aproveitamento de sua conquista.

Sua contratação comprova que você tem o que é preciso para lidar com as exigências do cargo e, afinal, todos os tipos de trabalho envolvem obstáculos e dificuldades.

Inclusive, muitas vezes o que atrapalha o profissional em uma nova empreitada é justamente a ânsia por “dar o seu melhor” e “fazer jus a um mérito”. Ou a famosa “síndrome do impostor”, que eleva as inseguranças à máxima potência.

Mas fique tranquilo(a) que vamos explicar o que isso significa e como você pode se ver livre desses empecilhos de uma vez por todas!

medo de falhar no emprego

Ansiedade e falta de autoconfiança: quem nunca sentiu?

Do técnico de futebol estrangeiro contratado a peso de ouro à jovem aprendiz que acaba de ter a carteira de trabalho assinada, ninguém está imune a um momento de insegurança ao assumir pela primeira vez uma posição de trabalho.

Por mais que o novo cargo pareça mais exigente e intenso do que o anterior, lembre-se que a tomada de decisão não foi apenas sua. Ou seja, a capacidade de convencer recrutadores e contratantes com um currículo de sucesso já conta muitos pontos a seu favor.

O problema é que muitas pessoas se assustam com a responsabilidade de corresponder às expectativas — e nisso se inclui uma autoavaliação que pode ser mais implacável do que a dos novos chefes — ou se sentem na obrigação de se sobressair no trabalho além do esperado.

Esses sentimentos podem gerar a Síndrome do Impostor e um ciclo de auto sabotagem que só serve para atrapalhar o rendimento profissional.

O que significa Síndrome do Impostor

Esse é um termo usado na psicologia a partir dos anos 1970 para identificar um conjunto de inseguranças que podem surgir após o sucesso de uma contratação, durante uma longa fase de desemprego ou mesmo no processo criação do currículo.

A síndrome do impostor é como um pacote que reúne ansiedades, inseguranças e a dúvida que a pessoa se impõe sobre sua própria capacidade profissional. Isso resulta na negação de seu merecimento e no temor da descoberta de ser um “impostor” desqualificado para o cargo.

As causas da Síndrome do Impostor variam de acordo com a personalidade e as vivências de cada pessoa no mercado de trabalho. Já os efeitos costumam ser paralisantes ou reativos, pois o medo toma o controle de todas as iniciativas que dizem respeito à vida profissional.

Veja a seguir algumas sugestões para driblar esses sentimentos negativos.

Dicas para conter a ansiedade e o medo de falhar no emprego

  • Reconheça o seu valor. Para isso, levante os pontos fortes que colaboraram para a conquista do emprego, focando no que você pode agregar ao seu cargo e à empresa.
  • Entenda a lógica do contratante. Com a grande competição no mercado de trabalho, não há motivos para contratar uma pessoa que não possua as qualificações para um cargo, certo? Então, pense em seu encaixe na engrenagem da empresa e procure deixar de lado as preocupações que não tenham a ver com isso.
  • Conheça bem o seu ambiente de trabalho. Consulte o site da empresa, faça perguntas a seus colegas, confira as notícias sobre seu setor, mas lembre-se que você não precisa dominar todo o conteúdo de uma hora para outra — a ideia é transformar essa pesquisa em planejamento para que você se sinta mais à vontade no dia a dia.
  • Seja proativo(a) na batalha contra o medo. Se você não entender muito bem algum conceito ou procedimento, peça ajuda ou estude o assunto mais a fundo quando tiver oportunidade. Vencer a resistência vai fazer com que você se sinta no caminho certo.
  • Evite o perfeccionismo. A busca pela perfeição é como um veneno para a autoestima. Até o menor deslize passa a ser visto como algo terrível e, mesmo, quando você faz tudo certo, a sensação é de não estar à altura do que deveria ser feito.

Tenha em mente que todos falham e procure encarar suas tarefas de forma prática, sem a necessidade de fazer mais ou melhor do que o necessário.

Prepare-se para um futuro brilhante em sua carreira

A reputação de um profissional é construída passo a passo ao longo de sua jornada. Por isso, troque o seu medo de falhar no emprego por doses extra de entusiasmo e comprometimento. E, sempre que tiver dúvidas ou precisar de incentivo para ter mais sucesso em sua carreira, consulte nossos artigos!