Currículo de Carpinteiro

Comece agora mesmo a escrever seu currículo de carpinteiro

Faça o seu curriculo agora

Modelo de currículo de Carpinteiro

Ideias e conselhos para o currículo de Carpinteiro

Quem gosta de planejar, projetar e realizar trabalhos manuais pode se interessar pela profissão de carpinteiro.

Esse profissional é responsável por realizar uma série de atividades, que envolve desde o trabalho na madeira, até o manejo de itens em metal.

Entre as funções mais frequentes de um carpinteiro estão os projetos de móveis, tanto os modelos sob medida quanto o trabalho em indústrias de móveis pré-fabricados.

Porém, há também espaço de trabalho para os carpinteiros nos canteiros de obras, atuando diretamente com a instalação de peças de madeira em uma casa ou apartamento, além de construir estruturas para o telhado, forro ou laje.

Por ter tantas áreas de atuação, o carpinteiro se torna um profissional essencial na realização de variadas funções, o que abre mais possibilidades na busca de um emprego. Mas para se destacar para o recrutador, é importante ter um bom currículo para carpinteiro.

Veja o que é importante para montar o seu!

Conselhos essenciais para o teu curriculum vitae

Formato

Currículo cronológico

Design

Currículo tradicional

Foto

Não

Seções principais

    Obrigatório

  • Dados pessoais
  • Experiência profissional
  • Formação acadêmica
  • Habilidades

    Opcional

  • Idiomas
  • Reconhecimentos
  • Certificações
  • Interesses pessoais
  • Trabalho voluntário
  • Estágios
Tamanho do currículo

1 folha A4

Formato

No processo de seleção da área da carpintaria, a experiência é algo muito importante. Por isso, o modelo ideal de currículo para carpinteiro é o currículo cronológico.

Nessa modalidade, há um destaque para as experiências prévias do profissional, sendo apresentadas em ordem inversa, ou seja, da mais recente para a mais antiga.

Para quem não tem experiência na área, outros formatos de currículo podem ser mais adequados, como o currículo funcional ou o combinado.

Design

Apesar de essa ser uma área de trabalho bastante tradicional, nada impede que você coloque alguns detalhes de design no seu currículo de carpinteiro, que podem até ajudar a chamar a atenção do recrutador.

Você pode, por exemplo, utilizar fontes diferentes nos títulos de cada seção, ou mesmo usar recursos como negrito, itálico e cores variadas.

É importante apenas tomar cuidado para que o design não prejudique a leitura de quem vai receber o seu currículo.

Foto

A foto não costuma ser um requisito para o currículo de carpinteiro. Portanto, você pode elaborar o seu documento sem inserir uma fotografia nele.

Seções principais

O currículo deve ter as seguintes seções:

  • Dados pessoais
  • Experiência profissional
  • Formação acadêmica
  • Habilidades

Se necessário e relevante, você também pode adicionar algumas dessas seções ao seu currículo:

  • Idiomas
  • Reconhecimento
  • Certificações
  • Interesses pessoais
  • Trabalho voluntário
  • Estágios

Tamanho do currículo

O ideal é que o seu currículo fique dentro de 1 página A4, um tamanho que facilita a leitura e o entendimento por parte do recrutador.

Porém, se você tem muita experiência ou muito conhecimento técnico, pode estender o currículo para 2 páginas A4.

Seções para o currículo de Carpinteiro

No formato de currículo cronológico, a experiência profissional tem maior destaque. Porém, antes de chegar nesta etapa, não se esqueça de apresentar seus dados pessoais.

Nessa apresentação prévia, não é necessário inserir o número de seu documento pessoal. Foque em colocar o nome completo, endereço, telefone para contato e e-mail.

Experiência profissional

Na seção de experiência profissional você vai inserir os dados das empresas que você trabalhou anteriormente, com o nome da companhia, a função realizada e o período em que o contrato de trabalho durou.

Deve-se elaborar o currículo de modo que as experiências mais recentes apareçam primeiro.

Uma dica para o currículo de carpinteiro é inserir somente as últimas três experiências de trabalho, o que facilita a leitura do recrutador. O tempo de trabalho que você acumulou ao longo da vida pode ser apresentado próximo aos dados pessoais.

Se você tem muita experiência e várias delas forem em áreas distintas, pode optar por apresentar somente os registros que tenham conexão com a vaga pretendida.

Vale estudar sobre melhor forma de apresentar sua experiência profissional para elaborar um ótimo currículo para carpinteiro!

Educação

Ainda que não exista uma faculdade ou um curso obrigatório para atuar como carpinteiro, é possível que você tenha alguma formação na área. Nesse caso, você pode informar os cursos que realizou na seção de Educação.

Mas antes disso, na primeira posição, informe a última formação do ensino regular que você fez (ensino básico, fundamental, médio ou graduação), com o nome da escola, o estágio realizado e o período em que os estudos duraram.

Na sequência, insira os dados dos cursos que você fez ao longo dos anos. Para uma vaga de carpinteiro, é interessante informar as formações que tenham ligação com a área, mas não é proibido colocar cursos de outros segmentos, caso você tenha espaço sobrando no currículo.

Habilitações

No currículo cronológico, informar as suas habilidades não é obrigatório. Essa seção é mais comum nos modelos funcional e combinado.

Entretanto, elencar algumas de suas habilidades de carpintaria pode ser um recurso valioso para se destacar diante dos recrutadores. Afinal, esses profissionais precisam saber se você tem o conhecimento prático da construção de móveis e afins.

Se você não sabe como listar suas habilidades, uma boa forma de elencá-las é com o uso das palavras-chave e dos verbos de ação da profissão, que apresentamos na sequência.

Você também pode se basear nos exemplos abaixo para montar o seu currículo de carpinteiro:

  • Facilidade no atendimento dos clientes e desenvolvimento de ideias;
  • Prática com diferentes tipos de madeira;
  • Habilidade para a montagem de peças variadas em madeira;
  • Boa compreensão de projetos desenvolvidos por engenheiros e decoradores.

Vocabulário específico e conselhos de redacção

Na carpintaria, não existem termos técnicos relacionadas a práticas específicas da profissão. Entretanto, existem palavras-chave que são bastante utilizadas no dia a dia de um carpinteiro.

Ao conhecer essas palavras, é possível utilizá-las na hora de elaborar o seu currículo para carpinteiro.

Lembre-se de tomar cuidado com a gramática das palavras, para que não passem erros de português no seu documento de apresentação.

Palavras chave

  • Atendimento
  • Compreensão
  • Desenvolvimento
  • Ideia
  • Construção
  • Planejamento
  • Projeto
  • Peças
  • Madeira
  • Montagem

Verbos de ação

  • Planejar
  • Construir
  • Montar
  • Elaborar
  • Compreender
  • Cortar
  • Serrar
  • Martelar
  • Criar
  • Projetar

Exemplo de CV de Carpinteiro

Exemplo de perfil de carpinteiro

Desenvolvimento de projetos e montagem de móveis sob medida

  • Facilidade no atendimento dos clientes e desenvolvimento de ideias;
  • Prática com diferentes tipos de madeira;
  • Habilidade para a montagem de peças variadas em madeira;
  • Boa compreensão de projetos desenvolvidos por engenheiros e decoradores
Faça o seu curriculo agora
  • Experiência
    5 anos
  • Educação
    Ensino Médio