Os principais erros cometidos em entrevistas de emprego

Os principais erros cometidos em entrevistas de emprego

A convocação para uma entrevista de emprego é uma grande oportunidade. Você deixa de ser apenas um nome em um currículo promissor e tem a chance de trocar informações com quem pode decidir sua contratação em uma empresa.

Seu comportamento faz toda a diferença nessa hora. Frente a frente com um ou mais avaliadores, é chegada a ocasião de demonstrar que você é a pessoa ideal para ocupar um cargo.

Então, faça o seu melhor para evitar os seguintes erros em suas entrevistas de emprego:

etidos em entrevistas de emprego

Chegar com atraso ou cedo demais

Pontualidade é o mínimo que se espera de um candidato a emprego. Por isso, vale a pena comparecer à entrevista com 15 a 20 minutos de antecedência. Chegar muito antes disso pode passar uma impressão de desespero ou fazer com que os recrutadores se sintam pressionados.

Apresentar-se de forma desleixada

Por mais que você esteja se candidatando para trabalhar em uma área onde as pessoas se apresentam de maneira informal, é melhor se vestir adequadamente para a entrevista de emprego. Asseio e cuidados com a aparência também são fundamentais. Capriche!

Demonstrar ansiedade

É normal se preocupar com seu desempenho nas entrevistas, mas procure relaxar e confiar em sua capacidade. Do contrário, você pode cometer alguns deslizes que chamam a atenção de forma negativa, tais como:

  • Errar o nome do entrevistador, do cargo ou da empresa
  • Evitar contato visual
  • Manter uma postura tensa
  • Esquecer o celular ligado
  • Ficar balançando os pés ou mexendo em algo

Descuidar da etiqueta profissional

Por mais que os avaliadores sejam amigáveis, não é hora de usar gírias ou sentar-se como se estivesse no sofá de casa. Tome a iniciativa de estender a mão no cumprimento, concentre-se em usar uma linguagem apropriada e adotar uma postura cordial durante a interação. E não se esqueça de agradecer o tempo dedicado a você. Isso vai contar muitos pontos a seu favor.

Não se preparar de forma específica

Não adianta ter um comportamento simpático, mas responder de forma genérica ou fazer perguntas inconvenientes em uma entrevista de emprego. Informe-se sobre a cultura da empresa e leia cuidadosamente as informações publicadas no anúncio da vaga.

Além disso, no caso de entrevistas por vídeo-chamada, faça uma checagem antecipada da parte técnica (microfone/câmera) e do visual do ambiente em que você vai aparecer. De preferência, use fones e escolha um local tranquilo com conexão à internet estável.

Não ter nenhuma pergunta a fazer

É comum os recrutadores abrirem espaço para que você faça perguntas em algum momento da entrevista. Afinal, elas dão pistas sobre o seu modo de pensar e demonstram o seu grau de preparo para a conversa. Isso também faz parte da avaliação!

Se atrapalhar nas respostas

Há alguns erros recorrentes que os recrutadores relatam nesse sentido. Veja a seguir e evite:

Responder de forma vaga ou apenas com sim/não

O objetivo de uma entrevista é conhecer você, não se boicote usando esse tipo de atitude. Ouça o avaliador com atenção e forneça respostas relevantes e completas.

Focar apenas em seus interesses

O ideal é fazer um mix entre o que você almeja com o que pode ser útil para a empresa. Evite levantar assuntos ligados a salário e horário de trabalho, isso pode dar a impressão de haver mais interesse na compensação financeira do que no desempenho da função.

Compartilhar informações desnecessárias

Fuja das frases feitas e se controle para não tagarelar, fazer comentários negativos sobre antigos colegas ou empregadores, exagerar nos autoelogios ou dizer o quanto você precisa do emprego.

Consultar notas no momento errado

Na maioria dos casos é aceitável, e até incentivado, levar para uma entrevista de emprego um bloco de anotações. Pergunte ao avaliador se não há problema em tomar notas ou checar seus registros na hora de fazer perguntas. Mas jamais consulte seu bloco para responder às questões.

Esquecer de levar o CV impresso

Por mais que você já tenha passado pelo processo de enviar o currículo por e-mail ou através de algum aplicativo, entregá-lo em mãos é um gesto atencioso — mostra que você pensa em facilitar o trabalho de quem vai fazer sua avaliação. Leve mais de uma cópia, para o caso da entrevista ser conduzida por mais de um recrutador.

Prepare-se bem e tenha sucesso em suas entrevistas de emprego!